quinta-feira, 20 de julho de 2017

Poledance?! Ah é verdade...

Depois de já ter experimentado em Amesterdão, com a Vera do Love Adventure Hapiness, fiquei com um sentimento agridoce em relação ao Pole Dance.
O aquecimento custou-me imenso, porque a minha flexibilidade nunca foi melhor que hoje, mas continua pelas ruas da amargura, e isso dificultou-me a tarefa.
Nunca tinha pensado em experimentar mas a Vera desafiou-me e no final (depois de ver os vídeos que fizemos) até achei que não era péssima como eu tinha imaginado. Ainda assim, cheguei ao final da aula sem perceber bem a relação a ter com o varão (juro que tem que haver uma relação) mas com vontade de continuar a tentar as posições que tinha aprendido.


Em Lisboa, tenho uma amiga que faz Pole há algum tempo e disse-me que ia fazer um workshop... Nem liguei. Mas, as minhas primas começaram a pensar em ir e a literalmente chatear-me para ir também. 
Resultado: Fomos as 3!

Já fizemos 3 aulas, falta uma para o final do workshop.
Nunca, mas nunca pensei em conseguir fazer o que já tenho feito. 
Continuo a sofrer no aquecimento, já chego com as mãos ao chão, mas abrir muito as pernas continua a ser doloroso. Sou presa, mas vou continuar a tentar.

Aula 2


Aula 3

Não deixem de perseguir os vossos objetivos, independentemente de demorarem mais ou menos tempo a lá chegar. Somos todos diferentes e cada um tem o seu ritmo. A persistência é a chave para o sucesso! 



p.s. - para o caso de alguém querer experimentar o workshop é Dance Factory Studios em Campolide (e eu ganho zero pela publicidade).

Sem comentários: