sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Carta de despedida

    R. de mi corazón,
  • Durante algum tempo, achei que iria "dizer-te adeus" da forma mais triste e bonita de sempre, ao som desta música:


    Felizmente, não fui eu a sofrer com a tua partida. Felizmente tinhas a bonita A. para partilhar isso.

    Tu sabes, mas vou dizê-lo novamente. Foste uma das melhores coisas que me aconteceu em 2012. Fizeste-me muito bem. Muito bem mesmo. Gostei de ti. Gostei do que tivemos. Agradeço-te pelo bem que me fizeste. Fizeste-me voltar a gostar de mim, fizeste-me rir, fizeste-me encarar tudo com mais otimismo, fizeste-me falar castelhano, fizeste-me ensinar-te português, fizeste-me mais alegre e ajudaste-me a ultrapassar a fase cinzenta.

    Mil obrigadas por tudo. 

    Hasta luego*


2 comentários:

b. disse...

humm... L? beijinhos (sabes que tens a minha caixa de email à disposição) .

b. disse...

ahahahaha já me deixaste curiosaaaaaaa