terça-feira, 16 de abril de 2013

Love is...

Diz-me que não se pode encontrar comigo porque tem um jantar com o qual não contava... 

Já eu durmo, quando recebo uma mensagem a dizer que se vem embora para me dar um beijinho...

Telefona a caminho.
Enche-me de mimos para lhe abrir a porta.
Levanto-me a custo e recebo-o.
Traz-me bolo de anos.
E um abraço tão apertado...
E tantos beijos dos nossos, "daqueles", como os apelidamos.
Vou ao wc e volto com a música linda que põe pra mim.
Dançamos agarrados.
Danço-lhe da maneira que ele gosta, "snake dance" chama-lhe ele.
Digo-lhe pra tirar as botas, mas não se fica por aí.
Ficamos naquele abraço tão longo...
Sinto-lhe o coração; e a respiração.
E os beijos, outra vez. Não tenho palavras para descrever.
O que era um só beijo passa a uma noite abraçada.
Sem que seja preciso dizer nada.
Ambos sabemos.

E nasce o dia.
Com sorrisos matinais genuínos.
E beijos e abraços. E bolo de anos.

Imagem repetida, mas não podia ser outra.

9 comentários:

M.R disse...

Este é o meu "ex" que não tendo msm sido meu namorado há cerca de 1 ano. Alguém por quem eu sofri muito, mesmo muito e que acaba por ser especial, talvez vá ser sempre... Voltou se aproximar de mim há uns meses e ontem contei-lhe que tinha outra pessoa... a reacção foi péssima.

Jo disse...

Hum que maravilha! Os momentos do acaso, aqueles com que não contamos... são os melhores, quase sempre :)

agatxigibaba disse...

É amor :) E parabéns **

Cat disse...

Sabe sempre tão bem*

b. disse...

ohhhh :)

Coquinhas disse...

Que lindo :)

Maria disse...

ohhhhhh :):)

pastora disse...

sortuda!!!

medusa disse...

tão romântico!!!