segunda-feira, 7 de maio de 2018

Marrocos [parte 1]

Há muito que esta viagem a Marrocos andava a ser planeada e a única coisa que tenho a dizer é que superou completamente as minhas expectativas, a todos os níveis! Quem acompanhou no instagram já foi vendo diariamente por onde andava, mas vou tentar fazer aqui um resumo escrito com algumas dicas para quem se quiser aventurar.
16 dias de viagem com passagem por várias cidades, uma ida ao deserto e a subida do Toubkal (montanha mais alta do norte de África) não é decerto a coisa mais fácil de planear, mas a minha amiga adora fazer isso e eu agradeço com a minha companhia.
Venham comigo!


Dia 0

Sexta feira à noite, chegamos ao aeroporto de Lisboa por volta das 20h, sendo que o voo era às 22h. Despachamos algumas das mochilas e dirigimo-nos para a porta de embarque. Azar dos azares o voo atrasou por causa do mau tempo e era quase meia noite quando deixamos Lisboa, rumo a Tanger.
Hora e meia e depois de muita turbulência (que quase íamos numa avioneta...) aterrávamos. Fomos dos últimos a sair do avião e quando entramos na gare da chegadas esperava-nos mais de 1h de fila da alfândega. Bem-vindos a África.
Depois de passada a alfândega o plano era seguir para o hotel, num Gran Táxi (um meio de transporte muito utilizado em Marrocos para viagens mais longas ou entre cidades. Basicamente, é um táxi com uma capacidade maior, que vai enchendo de pessoas e parte quando estiver cheio). Como éramos 5 + mochilas sabíamos que chegava para arrancarmos. Uma das coisas mais importantes em Marrocos e isto serve para a generalidade das coisas, é acordar previamente qualquer preço a pagar seja de táxi, de compras, de restaurante. A viagem até ao hotel não demorou muito e serviu para termos a primeira ideia do país. O motorista não falava inglês, mas dava uns toques de francês. Apressou-se a perguntar para onde íamos no dia seguinte e com alguma dificuldade conseguimos combinar hora e valor (700 dirhams) para nos levar de Tanger a Chefchaouen (+/- 3h de viagem), a primeira cidade que iríamos visitar.

As horas de sono eram curtas, mas ainda deu para discutirmos o plano para o dia seguinte, ferver água no fervedor pois já não tínhamos engarrafada para a manhã seguinte e tomar banho. O apartamento era bom, com áreas grandes e duas casas de banho. Não estava imaculadamente limpo mas fechamos os olhos a isso. Cumpriu o seu propósito.
Eram 5h da manhã e acordei sobressaltada com muito barulho, como se estivesse a haver ordem de evacuação da cidade. Aquilo ainda durou um bocado... Afinal era só o primeiro chamamento do dia para rezar na Mesquita, feito através dos altifalantes da torre da mesma. Percebi mais tarde que ia acordar muitas vezes às 5h da manhã com o chamamento...
Acordamos cedo e depois de comer o pequeno almoço que tínhamos trazido, saímos e lá estava a nossa voiture pronta para nos levar a Chefchaouen. E que luxo de carro!



Começava assim o primeiro dia da nossa aventura.

------------------------------------------------------------------------------

Hotel Tanger: Appartement Hotel Rania (T2 - 17€ por pessoa)
Moeda: 1 MAD (Dirham) = 0,08953 EUR

2 comentários:

a n a a r q u i a disse...

que bom que estas de volta. acompanhei tua viagem pelo instagram. sou doida pra ir ao marrocos, mas nunca pensei em um destino pra outdoors... me surpreendi e só deu mais vontade. aguardo ansiosamente os detalhes da viagem por aqui.

N. disse...

Para já, estou a gostar. Como não ando nessas coisas do Instagram, estou já ansioso pelo próximo capítulo. :)
Welcome back!