quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

iCenter - informação útil e sem patrocínio

Em outubro de 2015 deixei cair o meu iPhone ao chão.
Sei bem em que dia foi. Foi neste.

(E para quem foi reler, o amigo que tirou a selfie é o Mr.Pannacotta, ou seja, ele tirou uma selfie onde apanhava os meus 2 últimos namorados, um de cada lado, atrás dele. Na altura achei loucura, mas passou-me pela cabeça que pudesse ser: passado - presente - futuro. E foi. O ex-ex, o Peter Pan e o Mr., os três reunidos numa foto tirada ao acaso).

Retomando o post, depois da conversa com o ex-ex, fomos os dois no mesmo táxi e ao sair em casa deixei cair o telemóvel no alcatrão e ficou com uma amolgadela no botão superior.
Passaram-se uns 10 meses até que o visor decidiu morrer, fruto dessa pancada.
Ora, desde agosto de 2016 que tenho o iPhone morto.
Mandei-o para a Apple, que me deu um simpático orçamento de 359€ de reparação. Apenas mais 9€ que comprar um novo igual.
Vai daí, andava tristíssima com um android velho, com a câmera toda riscada e lento como tudo!
O Mr. já me tinha enviado em janeiro o link de uma loja de reparações de equipamento Apple, mas só de pensar no que ia pagar, nunca mais lá fui.


Na semana passada tive um bocadinho de tempo e passei na loja iCenter (perto do metro das Laranjeiras). Expliquei o que se tinha passado e obtive a seguinte resposta:


"Muito bem, vamos ter que substituir o vidro da frente. Tem um custo de 74€ e demora 20 min."


Passou uma semana e ainda estou incrédula.
Já só penso em ir trocar a bateria que esta já está viciada...

3 comentários:

  1. Obrigada pelo contacto, qd precisar é lá que vou. Beijos

    ResponderEliminar
  2. A sério?! Mas que raio de tão especial iam fazer na Apple, para ser essa diferença de preço?!

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita! Thanks for your visit!