terça-feira, 9 de agosto de 2016

Era para ser aquele bolo de abóbora

Já que estou de baixa, queria aproveitar para fazer coisas em casa.

Acabar de montar o móvel do ikea, que está a 80% há 2 semanas...
Realojar as tralhas das mudanças no dito móvel;
Tirar os rótulo dos frascos que quero aproveitar;
Mudar as roupas inverno / verão;
Fazer algumas receitas que não tenho tempo à semana (trabalho e ginásio não são compatíveis com cozinha...);
Limpar as botas de inverno e arrumar;
Limpar as cabeças da impressora e pô-la a funcionar em condições;
...


Na quinta à noite quis fazer um bolo.
Tinha ovos.
Ovos não são tudo, mas fazem um bolo.
Acho que eu gostava de ser um ás na cozinha.
Digo isso porque é sempre um festival de atrocidades culinárias, nunca consigo seguir uma receita. Normalmente, por não ter os ingredientes todos, o que não foi bem o caso desta vez.

Decidi que ia fazer este bolo da Creme de Avelãs.
Tinha tudo para correr bem. 
Abóbora e ovos.

Devia ficar-me pela imagem linda da Avelã...

Comecei a cozer a abóbora. 
Quando ia passar com a varinha mágica... onde está a varinha mágica? Eu não tenho varinha mágica? Juro que eu tinha varinha mágica. Mas não tenho... E a partir daqui começou tudo a correr mal. A abóbora passou da panela para o escorredor, do escorredor para o copo da varinha, do copo para a um prato... e vá de tentar esmagá-la com o esmagador de batas... Não consegui fazer o puré, a abóbora ficou aos fios, com muita água... comecei a bate-la, juntamente com os ovos, com a batedeira e foi uma chuva de abóbora pela cozinha. Nos armários, no fogão, no avental, na parede... Acabei por juntar tudo com uma colher. Cagada na certa.

Bati as claras em castelo, que é aquela coisa espetacular que eu sei fazer.
Ia juntar a farinha de aveia... onde está a farinha de aveia? Não está. Claro que não está.
Juntei da normal.
Juntei as claras.
Claro que a taça era pequena e começou a sair tudo por fora.
A sério, é uma comédia um serão meu na cozinha!
Mudei de taça :D grande ideia.
Meti ao forno.
Cheirava tão bem!
Ao menos o cheiro.


Resultado:
Cheirava bem. E sabia bem.
Estava bonito mas murchou.
Quase que inventei um bolo de abóbora de Ovar, daqueles bem húmidos, quase de comer à colher...


A sorte de tudo isto é que o meu ponto forte é limpar e arrumar, bem rápido e eficaz.
Decididamente eu não sou a chef. 
Sou a ajudante.
Ponto.
A ver se me lembro para a próxima vez.

9 comentários:

Agridoce disse...

Ahahahah! O que eu me ri com o teu relato! Nada como continuares a praticar :)

Mas deve ter ficado bom!

Teresa disse...

Ai...adorei!!
E o mr.? Aprovou???

Coquinhas disse...

Fico feliz... há alguem pior que eu :P eheh se bem que os meus bolinhos nem são maus mas por exemplo, põe-me lá a bater natas? ahah até já o namorado quando ve que é algo com natas diz logo que me vou enervar ;)

Love Adventure Happiness disse...

Acho mesmo é que tens de começar a verificar se tens tudo para fazer uma receita... Se calhar não é a falta de jeito mas sim a falta de preparação ;)
De resto, se fica bom porque te queixas???!!

Joana disse...

Hahaha bolo de abóbora de Ovar!
Eu tenho um frasco há uma semana na banca da cozinha, à espera que lhe remova o rótulo... O menino viking tem um produto especial para remover restos de cola que funciona lindamente e por isso nem tenho desculpa para a demora. É mesmo preguiça.

Eva Luna disse...

Pelo menos não sou a única :)

Isa P. disse...

Olá. O bolo parece apetitoso, murcho mas apetitoso ;) a prática leva à perfeição, deves continuar a tentar. Espero que estejas melhor. Rápidas melhoras. Bj

Evy Percebes disse...

Acontece a todos os grandes cozinheiros ;) Para a próxima fica melhor! Beijinhos

Jo disse...

Ahahah! :P