sábado, 26 de dezembro de 2015

(Re)começos

Estava a ler este post da Miss Smile e percebi que eu acredito mesmo em novos recomeços. Acho que é sempre possível recomeçar, mesmo quando nos parece que tudo o que tínhamos deixou de fazer sentido. 
Há 6 meses estava triste.
Estava a recuperar dos meus tratamentos, queria voltar a fazer as coisas que gosto. Queria coisas novas. Queria ser amada. Queria partilhar os meus dias, as minhas alegrias e conquistas.
E quando queria isso tudo, senti-me posta de parte.
Senti que estava sozinha a querer coisas novas. Estava sozinha amar, pelo menos da minha maneira. Queria partilhar com quem não estava assim tão interessado nisso.

Fiquei zangada.
Senti-me magoada.
E agora? - pensei - Agora vou sofrer. Vou reerguer-me. Vou trabalhar para mim. Vou investir em mim. Vou focar-me em mim e deixar para trás quem não me serve.

Fiz um retiro de fim de semana, com o telemóvel desligado. Na praia. Com amigos novos.
Voltei com novo fôlego. Voltei a pensar que me poderia apaixonar outra vez.
Voltei a jantar à sexta feira com as minhas amigas.
Voltei a sair para dançar, com elas.
Conheci pessoas novas.
Senti-me bem. Senti-me apreciada.
Por tudo o que passei no último ano e meio achava que não ia ser assim.
Felizmente tudo volta ao normal.
É possível recomeçar tudo de novo.

Eu sou mais eu.
A minha personalidade é mais forte.
Sei bem o que quero.
Sei bem aquilo que não me interessa.
Dei uns passos em falso, mas correu sempre tudo bem.
Sinto-me de novo a apaixonar. E eu que pensava que não ía ser tão cedo.
Tinha deixado de acreditar no amor. 
Mas afinal sou uma eterna romântica.
Vou ser sempre.
E dou graças por tropeçar em pessoas que me fazem feliz.

Quero recomeçar.
Quero acreditar que as pessoas aparecem nos momentos certos.


Bendito fim de semana de retiro.

18 comentários:

Maria do Mundo disse...

Eu sou como tu. Acredito que se pode sempre recomeçar e recomeçar e recomeçar. Aliás, a minha vida tem sido feita de recomeços.

Love Adventure Happiness disse...

Mr pannacotta?
Só não recomeça quem não quer, quem não se esforça ou desiste ;)

Lea disse...

Belas palavras! Recomeçar sempre!! Mr Pannacota...??

VerdezOlhos disse...

Por mais difícil que possa parecer-nos, só assim podemos continuar. Só assim vale a pena prosseguir :) Coragem, obrigada pela partilha de uma mensagem tão especial. Beijinhos

Miss Purple disse...

Ainda bem que assim foi! Ao menos recomeçaste em grande e que não seria um recomeço se assim não fosse.
Por isso óptimo :)

Gaja Maria disse...

Concordo contigo, recomeçar, seguir em frente é sempre possível, quando nós assim queremos. AInda bem que assim o quiseste. Beijinho :)

Carolina Teixeira disse...

Há muito que sigo o teu blog e devo dizer, que és uma força e um exemplo :)

L. das horas disse...

Vamos ver o que mr. pannacotta me reserva...

L. das horas disse...

Oxalá...

L. das horas disse...

Obrigada eu pelas tuas palavras. beijinho

L. das horas disse...

Obrigada Carolina! beijinho

Tim disse...

é tão bom recomeçar, crescer e conhecer o que anda por ai :)

Coquinhas disse...

A vida acaba sempre por nos mostrar que nada acontece por acaso :D

Aprender a viver disse...

Quem me dera acreditar que isso seria possivel comigo :(
Fico muito contente por ti querida L 😘😘😘

Jo disse...

Que assim seja!! :)

Joana disse...

Eu também acredito em recomeços. Que este recomeço te traga ainda mais felicidade. Beijinhos

Annabelle disse...

Minha querida, a vida é uma sucessão de recomeços. Estamos sempre a evoluir, a crescer e a aprender. Se assim não fosse, a vida seria de um tédio que não se pode :S
Sinto daqui a tua felicidade, e espero que sim, que te apaixones e que essa paixão seja vivida intensamente, só assim vale a pena. Mas, porque há sempre um mas, por ti, pelo teu bem, não te esqueças nunca de ti. Nunca abdiques de nada em prol de alguém, excepto se essa pessoa cometer loucuras por ti, então aí minha filha, podes largar tudo e cair em queda livre, porque ele vai estar lá para ti.
Beijo grande.

L. das horas disse...

<3 Tens toda a razão em tudo. Por isso gosto tanto de te ler :)
Afinal sempre descobriste aqui a brecha. Depois desse fds fiquei com uma pulga atrás da orelha. Evoluiu bem. Ou melhor, está a evoluir bem. :)