terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Duelo de titãs

Hoje a minha housemate polaca faz anos.
Disse-me ontem que pensa fazer um jantar lá em casa, no fim de semana.
Mais uma vez (e ainda na semana passada aconteceu) vou ter que gramar o meu ex-coiso e a sua actual-coisa, o que na verdade não tem problema nenhum, mas é uma chatice! Ainda por cima fiquei frente a eles e com um torcicolo de falar para os lados. A verdade é que não tenho o que falar com ela e sinto-a a chocar comigo em muitos assuntos. Se calhar é psicose minha...

Não tem explicação, mas não estou tão à vontade como se eles não estivessem. A falta de sal dela irrita-me e acredito que a minha personalidade forte a irrite também. A única parte boa da coisa (e vi isso no jantar da semana passada) é que os defeitos gigantes dele que me irritavam continuam lá, mas combinados com a "paciência de mãe", dela.
Vi duas coisas no último jantar que, na altura, me tiravam do sério. Fico contente por confirmar que as pessoas mudam, mas não mudam assim tanto. 
Ouço-a a dizer:
 "Oh, anda lá, é sempre o mesmo..." ou "Outra vez? Mas ainda agora... espera mais um bocadinho..."

E penso que se fosse eu estaria a deitar fumo pelos ouvidos.
Sem dúvida que as personalidades deles se encaixam melhor. 
Ou então ela ainda vai no 1º ano enquanto eu já ia no 4º...


Ontem o meu mr.Bono perguntou se haveria jantar e se seria convidado.
"Sim, deve haver e sim, serás convidado com certeza, mas não vais querer vir, que os outros dois vão cá estar" - que ele desde início evitou o confronto.

"Se me convidar vou."

Palminhas! Desta vez não estarei sozinha a enfrentar a situation. Vou ter o meu abrigo, a minha pessoa. 
Prevejo um jantar deveras interessante. Pela primeira vez, os quatro, no mesmo jantar. 
Só falta mesmo ficamos em frente uns aos outros.

11 comentários:

Meg disse...

Vai ser mega. Os ex-namorados, a maior parte das vezes, incomodam-se mais do que nós!

Miss Memories disse...

Ui, vai ser um duelo interessante... :)

R: Em relação ao Erasmus não é por não querer, tem a ver com o tempo que temos até à data e sendo para fazer um estágio em saúde é exigida a língua materna do país e não apenas o inglês... Daí que a escola não permita fazer. É uma pena, mas certamente hei-de ter outras oportunidades :)

Moa disse...

Adorava assistir :)

Jo disse...

Confesso que gostava de ver! ;) Mas acho que ele faz muito bem em ir.

VerdezOlhos disse...

Perante essa resposta eu, numa situação como a que descreves, suspiraria de alívio. Com o nosso homem ao lado tudo fica mais fácil, com o mais que tudo por perto, nada nos assusta :)

Dora disse...

Kompensan: a curar azia há muitos anos.

Ana Lau disse...

ahahaha que de rir!!!
vai ser lindo! :P entendo-te perfeitamente, o meu ex-coiso tb anda todo contente da vida com a atual-coisa e as vezes tenho de dar de caras com eles! Mas quê, ela é polaca!?

L. das horas disse...

Nã... polaca é a minha colega de casa, amiga de ambos e daí este jantares em comum...

Eva Luna disse...

Força nisso :)

aNaMartins disse...

Que situaçao :)

Marta disse...

Pois eu cá acho que tens um valente estômago, eu não iria querer privar com eles, mas isto sou eu que tenho mau feitio :)