quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Bad feelings

Estou tão farta de ser uma trabalhadora precária! Tirei um curso daqueles onde se queimam as pestanas, onde se fazem mais directas (nos 6 anos de curso) do que numa vida inteira, onde não há um certo e um errado e por isso é tudo muito relativo e depende apenas da opinião de quem avalia. Daqueles onde o material é caríssimo, pesado ou de grande porte, que envolve aventuras de transporte... A verdade, é que, se soubesse o que sei hoje, tenho a certeza que optaria por outra área. Tenho a certeza que seria boa profissional numa outra área.

Desde que acabei o curso, nunca estive desempregada! É bom, é óptimo, mas também nunca tive um contrato, tudo me é pedido e nada de é concedido. Tenho 26 anos e não fiz um único desconto para a SS. Faço parte da percentagem de pessoas desempregadas, mas trabalho, tenho horário, tenho chatices, dores de cabeça, mas no fundo sou uma desempregada...

Agora é mais meia hora de trabalho. Mas não é uma meia hora qualquer! Não pode ser a meia hora do meu almoço de 1:30h (sem sair do trabalho), tem que ser a meia hora ao fim do dia, que me faz chegar a casa 12horas depois de ter saído de manhã. Não é justo, principalmente se não tenho qualquer outra regalia. Não é justo. Nunca há contrato, mas vou ficando, ficando... porque afinal vai havendo trabalho.

Tenho que decidir mudar de área, ou de país. Ou ambos.

imagem daqui

7 comentários:

MM disse...

Tens de pensar bem e tomar uma decisão...

Carla disse...

Good feelings ... qq decisão q tomes vai ser a correcta ... eu sei :D

Ssol disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ssol disse...

Já ouviste falar em denúncias anónimas??? Infelizmente há patrões que não tem qualquer respeito pela vida pessoal dos seus trabalhadores, nem qualquer escrupúlo no que toca à situação profissional dos mesmos. Desde que possam continuar a fugir aos impostos...L. já só faltam 230horas,tens de fazer algo!!! Beijocas**

Teclas disse...

Respira fundo e tem calma. Vai tudo correr pelo melhor. tenho a certeza.

anf disse...

Vais ver que 2012 vai ser um bom ano,
beijo

Diogo Marques disse...

É sempre uma situação complicada. Por um lado é bom, porque se tem trabalho, por outro lado é mau, porque não se tem condiçoes nenhumas de contrato.

Também já passei pela sua situação, e sei bem do que fala, mas é acreditar que o melhor está para vir e que em breve vais poder ter aquilo que mereces depois de tanto trabalho árduo!

O importante é nunca desistir.